Thiago de Moraes reflete sobre a Fotografia de Eugène Atget ao Fotógrafo contemporâneo das celebridades do mundo João Passos

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
06/10/2021 15h51
0 Comentários

Foi uma tarde envolvente em que passaríamos momentos de produção de conteúdo, de arte, reflexões, alegrias e realizações, nele estava o Fotógrafo da renomada Revista Caras, mas também um amigo o ilustre João Passos, um Visionário. Sim, no estúdio Daylight no Campo Belo. Um estúdio Retro que inspira a criatividade e a animosidade. Juntos a Assessora de Imprensa Maria Emília Genovesi  uma grande profissional carinhosamente conhecida como MEG e a incrível Maquiadora Patrícia Cardin, a Paty e toda equipe de amigos do Estúdio Daylight Marcelo Spartafora e Gustavo Leporo. E foi assim que passamos o dia em um ensaio de fotos produzidas por João. 
 

Nesse momento me foi inspirado o artigo que escrevo em homenagem a tão bela e importante arte que registra momentos como esse.   

 

Fotografia é arte, é sentimento, é inspiração, é emoção, é memória. A fotografia é o espelho da alma.  

 
 

  “A fotografia é uma maneira de guardar momentos importantes de uma vida efêmera, passageira. As memórias são registradas, os momentos são colecionados, o instante é eternizado.  

     O que faz uma fotografia tornar-se parte da nossa memória coletiva? Às vezes pode ser o conteúdo da imagem, mas no caso de João Passos é a habilidade e talento desse ícone, seu profissionalismo que o torna uma referência visual no mundo. 
  João faz magia do seu ofício para que possamos traduzi-las em suas próprias criações. Um fotógrafo organizado quem em milhares dessas seções temáticas traz uma seleção especial de fotografias icônicas que são tecnicamente analisadas, abordadas como por exemplo questões como câmera usadas para fazer a fotografia, a composição, a exposição e a luz, ou o tom e a cor. De  Eugène Atget (fotógrafo nascido na França 1857) ao moderno fotógrafo das Celebridades nascido no Brasil no século XXI da famosa Revista Caras João Passos há uma singularidade no meio fotográfico que consegue da técnica a criatividade uma forma acessível e surpreendente no campo das artes e tecnologia. 
 
O Fotógrafo das Celebridades aborda o design como fator mais importante na criação de uma imagem fotográfica de sucesso. A habilidade de enxergar o potencial para uma imagem forte e depois organizar os elementos gráficos em uma composição atraente e eficiente sempre foi crucial no ato de fotografar, segundo o Prof.Dr. Thiago de Moraes. Aliás, João Passos demonstra que a fotografia digital trouxe um aspecto novo e motivador ao design, por sua resposta rápida e suas possibilidades de edição, e isso teve um efeito profundo no modo como os fotógrafos fazem suas fotos. 
 
O efêmero e o perpétuo fundamentam suas reflexões sobre a imagem. Nessa perspectiva, a fotografia ocupa o centro do debate sobre as ambíguas relações entre representação e fato, entre o aparente e o oculto. 
 
Um dos mais importantes pesquisadores e ensaístas brasileiros dedicados à fotografia. Ele prioriza em suas reflexões os modos como se constroem ficções e realidades por meio do documento visual. Não por acaso, suas análises passam necessariamente pelas questões da história, da memória e da contemporaneidade. 
 
 

  O que faz uma fotografia tornar-se parte da nossa memória coletiva? Às vezes pode ser o conteúdo da imagem, mas no caso de João Passos é a habilidade e talento desse ícone, seu profissionalismo que o torna uma referência visual no mundo. 

 

  João faz magia do seu ofício para que possamos traduzi-las em suas próprias criações. Um fotógrafo organizado quem em milhares dessas seções temáticas traz uma seleção especial de fotografias icônicas que são tecnicamente analisadas, abordadas como por exemplo questões como câmera usadas para fazer a fotografia, a composição, a exposição e a luz, ou o tom e a cor. De  Eugène Atget a João Passos do século XXI há uma singularidade no meio fotográfico que consegue da técnica a criatividade uma forma acessível e surpreendente no campo das artes e tecnologia. 
  

Naquele mesmo dia 24/09/2021 que o fotógrafo João Passos em toda sua cultura trouxe a nosso conhecimento que os momentos importantes que um indivíduo vive o moldam como ser humano e cidadão. É nesse sentido que a fotografia é relevante, pois permite que esses momentos sejam guardados não apenas na memória, mas também de maneira concreta e física. A fotografia permite que esses momentos do passado sejam revividos.  

  

Além disso, as fotografias são capazes de captar todos os sentimentos vividos naquele momento eternizado. Uma foto é capaz de dizer muito sobre quem ou o que está sendo registrado. É possível, também, retirar diversas informações de um momento registrado por meio da fotografia.  

  

Uma fotografia pode ajudar a compreender e a conhecer uma cultura, um povo, uma religião, grupos sociais. É capaz de proporcionar sentimentos e emoções únicas para quem está vendo a imagem.  

  

Resgatar memórias é importante para a construção de qualquer indivíduo. Permite que as recordações sejam passadas de geração em geração. Dá vida a uma história contada. Possibilita lembrar quem fomos e quem somos, o que construímos, os momentos bons e ruins que passamos.  

  

Uma imagem fala mais que mil palavras, pois “a vida é hoje” João Passos.” 

 fotos Thiago de Moraes -João Passos 

 

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.